Discurso elitista de FHC menospreza quem vota em Dilma





















Depois de chamar aposentados de vagabundos, professor de preguiçoso, novamente, o "príncipe", em busca da visibilidade, ora em baixa, solta mais uma de suas pérolas em entrevista ao UOL, na segunda-feira.

Francamente, vivemos uma democracia, a escolha do voto é livre, porém ao votar no partido PSDB, em seus ideais, apoiar esse projeto não é apenas retrocesso, e sim pior, será a desconstrução de tudo conquistado até o presente momento. 
Destacando a frase da Presidenta Dilma em que:
"Quem define são as urnas" , sobre o 2o turno, é impreterível o voto, pois só através desse instrumento é que inverteremos a lógica, e demonstraremos, quem de fato,  é o rebotalho, nessas eleições.

Leiam, reflitam sobre o Brasil que desejamos, a escolha é nossa, e a responsabilidade também.

O elitismo e o preconceito que vemos se espalhar pelas redes sociais e pela imprensa se reflete no discurso do tucano FHC. Nesta segunda, o ex-presidente desmereceu os eleitores de Dilma: “Não é porque são pobres que apoiam o PT, é porque são menos informados”, afirmou em entrevista ao UOL.

Na absurda entrevista de Fernando Henrique ainda encontramos frases aterrorizantes como a afirmação de que há “uma coincidência entre os mais pobres e os menos qualificados”. A visão elitista do apoiador de Aécio talvez explique o porquê de tão pouco ter sido feito para quem mais precisa nos oito anos em que ele esteve no governo. FHC deixou a presidência sem ter criado UMA ÚNICA escola técnica – porque condicionou sua criação à manutenção das escolas pelos estados e municípios –, com o Brasil em destaque no Mapa da Fome, sem assistência médica nas regiões menos ricas, com alta taxa de desemprego, e sem luz(link is external) para todos!

Quem jamais olhou para “os grotões do Brasil”, como ele mesmo diz, não poderia proferir outra coisa que não uma afirmação preconceituosa como essa. FHC e Aécio são isso: um programa de governo calcado num viés elitista, que ignora os setores da sociedade que mais precisam do apoio do Estado.

Irônico é pensar que, muita vezes, são os votos dos “desinformados” que elegem os candidatos tucanos. E nós, ao contrário de FHC, não estamos falando em recorte de renda. Quem se informa vê a mudança. Quem foge da bolha imposta pela mídia pessimista entende melhor as transformações pela quais o País está passando nos últimos 12 anos.

A extrema pobreza(link is external) caiu de 25,6% (1990) para 4,8% (2008), oBolsa Família(link is external) beneficia um em cada quatro brasileiros. O orçamento para a educação(link is external) aumentou mais de 6 vezes, dobrou-se o número de universitários, criou-se 3 vezes mais escolas técnicas com Lula e Dilma do que em toda a história do país. Um em cada quatro brasileiros se beneficia com o Mais Médicos(link is external), 75% da população é coberta pelo atendimento do SAMU. Chegamos ao menor desemprego da história (link is external)e ao cenário de pleno emprego. Quem vota em Dilma está muito bem informado sobre todos esses avanços e não quer voltar ao passado. Quer e vai mudar mais com #Dilma13paraVencer.


Fonte: Blog do Renato

DILMA 13!! Devemos dizer sim pra você  por esses 60 motivos e mais e mais!!!! 60 razões:
1 - Sim pelo Prouni.
2 - Sim pelo Pronatec.
3 - Sim pelo Pronaf.
4 - Sim pelo Minha Casa Minha Vida.
5 - Sim pelo Luz Para Todos.
6 - Sim pelo Água Para Todos. 
7 - Sim pelo Ciências sem Fronteiras.
8 - Sim pela redução do desemprego a menos de 5%.
9 - Sim pelo pagamento da dívida com o FMI e ainda
virar credor do mesmo.
10 - Sim pela inflação cortada pela metade.
11 - Sim pelo Fome Zero que matou a fome de 30 milhões de brasileiros.
12 - Sim pelos 50 milhões que agora tem consulta médica.
13 - Sim pela redução de 20% nas internações em hospitais
como efeito do Mais Médicos.
14 - Sim pelo fim do uso privado do dinheiro público em
aeroportos e afins.
15 - Sim pelo Brasil entre as 7 maiores economias do mundo.
16 - Sim pelas 18 Universidades Federais construídas.
17 - Sim pelas construção de 370 Escolas Técnicas Federais.
18 - Sim pela destinação de 10% do PIB para a educação.
19 - Sim pelo governo que pune doa a quem doer os responsáveis
por atos de corrupção.
20 - Sim pelo não racionamento de água em energia.
21 - Sim pela triplicação da destinação da verba pra saúde e educação.
22 - Sim pela quantidade de emprego farto.
23 - Sim pela facilidade de se fazer curso superior.
24 - Sim pela primeira vez em que cidades do interior se beneficiam de
fato com investimentos federais.
25 - Sim pelo PAC Infraestrutura.
26 - Sim pelo PAC Mobilidade Urbana.
27 - Sim pelo PAC Saneamento Ambiental.
28 - Sim pela redução do desmatamento na Amazônia.
29 - Sim pelo Pre-Sal.
30 - Sim pelo Proinfa de estímulo à energia alternativa,
limpa e renovável.
31 - Sim pelo fortalecimento do MPF, CGU e TCU no
combate à corrupção.
32 - Sim pela política econômica de controle da inflação com
inclusão social.
33 - Sim pela liderança na criação dos BRICS.
34- Sim pela instituição de uma política de relação internacional
que abre mercados nos países emergentes sem fechar as portas
dos países industrializados.
35 - Sim pelo fortalecimento do Mercosul.
36 - Sim pela valorização das relações culturais com os
povos latino-americanos.
37 - Sim pela construção de uma nova imagem do Brasil
perante o mundo.
38 - Sim pela aprovação da Lei Maria da Penha que aumentou
em 390% a rede de atendimento à mulher.
39 - Sim pelo Mais Cultura, fortalecendo as artes, a tradição
e o folclore brasileiras.
40 - Sim pela estruturação da Defensoria Pública da União - DPU.
41 - Sim pela realização das metas dos Objetivos do Milênio da
ONU de redução da pobreza e da mortalidade infantil e aumento
do abastecimento público de água potável.
42 - Sim pelo compromisso de novas metas dos Objetivos
do Desenvolvimento Sustentável.
43 - Sim pela destinação de 75% para educação e 25% para
saúde dos royalties do petróleo.
44 - Sim pela realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil.
45 - Sim para que o Brasil do neoliberalismo de 12 anos atrás não
volte NUNCA MAIS!
46 - Sim pelo aumento das reservas de 360 bilhões de dólares
negativos no governo FHC para meio bilhão positivo no governo
trabalhadores;
47 - Sim pela redução da inflação de 1,5% ao mês no governo
neoliberal para 0,01% em julho 2014;
48 - Sim pela abertura de 17 mil leitos hospitalares na rede preventiva
de saúde pública;
49 - Sim pela estruturação da órgão competente,
formado por Procuradores da República, Delegados da PF e
Auditores da Receita Federal para a recuperação de U$ 20 bilhões
de ativos desviados pela prática de crimes de corrupção, exportação
e lavagem de capital;
49 - Sim pelas 2.300 operações da Polícia Federal - FHC de Lula e
Dilma de combate à corrupção, comparadas às 40 realizadas
durante 8 anos durante o governo FHC;
50 - Sim pelo combate sistemático, organizado e institucionalizado
de combate à corrupção (Paulo Octávio, do PSDB/DEM - DF, por
ex., foi obrigado a devolver R$ 600 milhões aos cofres públicos);
51 - Sim pela aprovação da Emenda Constitucional que enquadrou
a corrupção como crime hediondo;
52 - Sim pela aprovação e regulamentação das leis penais de tipificação
dos crimes de quadrilha, organização e associação criminosa,
tornando possível acusar, julgar, condenar, prender os criminosos
de colarinho branco, além de recuperar o produto do crime (dinheiro
e bens) para o patrimônio e do erário públicos;
53 - Sim por liderarem um partido que, embora há 12 anos no Poder
Central, é o que teve o menor nº de políticos denunciados por atos
de corrupção, segundo dados do TSE; e alguns deles, já sabemos
que são comprovadamente inocentes;
54 - Sim pelo fortalecimento do esporte olímpico brasileiro, que passou
a conquistar medalhas em setores nobres como ginástica;
55 - Sim pelo PRONAF de estímulo à agricultura familiar;
56 - Sim pelo Brasil Sorridente que incluiu o tratamento de dentes
na rede pública de saúde;
57 - Sim pelo Viver Limites de atenção à pessoa portadora de
deficiência física;
58 - Sim pelo apoio à luta do Movimento dos Sem Teto e do
Movimento dos Sem Terra;
59 - Sim pelo Brasil Sem Miséria, o maior programa de ascensão
social do Mundo;
60 - Sim por um punhado de outras conquistas, como a criação da TV Brasil/EBC, a concessão de canais às emissoras de rádio e
televisões comunitárias, lançando a semente para o sistema
democrático de comunicação social etc.
Quem ama o Brasil, ama também seu povo!
Por tudo isso queremos Dilma de novo!

Postagens mais visitadas