ABAIXO O GOLPISMO no PARAGUAI. Sigamos juntos, na luta.


Eis que o Itamaraty nos documenta saberem dos membros Golpistas
Eles podem ser surdos, mas diante de mais de 5 mil vozes , não podem disfarçar ' não saberem'.
Eis aí que o Itamaraty , que já sabia de integrantes golpistas, agora nos mostram que sabem documentando.
Em carta ao Itamaraty, Neusah Cerveira ( Doutora em Operação Condor e filha do Major Cerveira) denuncia e eles mandam a resposta.
Sigamos juntos, na luta.
ABAIXO O GOLPISMO:



----- Mensagem encaminhada -----
De: Bruno Barbosa Amorim Parga
Para: "ninacerveira@yahoo.com.br"
Enviadas: Segunda-feira, 9 de Julho de 2012 17:57
Assunto: RES: Denúncia Gravíssima!!!

Prezada Doutora Neusah,


esta Divisão tomou conhecimento de sua mensagem; informo, por oportuno, que o assunto já vem sendo objeto de análise por este Ministério.


Cordiais saudações,


Secretário Bruno B. A. Parga
Divisão das Comunidades Brasileiras no Exterior - DBR
Ministério das Relações Exteriores
De: Ministro de Estado
Enviado: segunda-feira, 9 de julho de 2012 10:41
Para: Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior; Divisão das Comunidades Brasileiras no Exterior - Itamaraty
Assunto: ENC: Denúncia Gravíssima!!!

Gabinete do Ministro de Estado das Relações Exteriores
Palácio Itamaraty
Esplanada dos Ministérios - Bloco H
CEP 70170-900
Brasília-DF
Brasil
De: ninacerveira@yahoo.com.br [ninacerveira@yahoo.com.br]
Enviado: segunda-feira, 9 de julho de 2012 2:26
Para: Ministro de Estado
Assunto: Denúncia Gravíssima!!!

Srªº Ministro, Vou reproduzir em parte um artigo do Jornalista Ruy Martins. (fácil de ser encontrado na internet) Gostaria, no entanto de comunicar que já investiguei os fatos e reuni farta documentação: "O Conselho de Emigrantes, o conhecido CRBE, tem sido criticado ultimamente por falta de atividade, porém nestes últimos dias, durante a preparação e o golpe parlamentar no Paraguai contra o presidente Lugo, foi alvo de muita atividade. Fazendeiros brasileiros estabelecidos no Paraguai, os chamados brasilguayos, utilizaram o CRBE para enviar mensagens ao governo e autoridades brasileiras explicando que o golpe em preparação e o golpe consumado eram permitidos pela Constituição paraguaia.(...)E no que entra o CRBE nessa história ? Nas eleições para representantes dos emigrantes, no final de 2010, foram eleitos três representantes dos brasilguayos , entre eles a advogada Marilene Sguarizi, defensora dos pequenos fazendeiros, muitos sem papéis, temerosos de perderem suas propriedade. Mas ela igualmente está próxima das coordenarias agricolas ou cooperativas, que reúnem os ruralistas e os donos do agronegócio. Ora, o CRBE é apenas um órgão de interlocução, consultivo ou de assessoria junto ao MRE, seus membros eleitos pelas comunidades emigrantes não têm competência e nem delegação do MRE para intervir em questões envolvendo relações bilaterais e soberanias de outros países. Mesmo no projeto de Secretaria de Estado dos Emigrantes não se pede esse tipo de competência e delegação, mesmo porque esse órgão institucional, se criado, será dirigido por titular de confiança do governo em colaboração com o MRE. Esquecendo-se ou ignorando as limitações de seu cargo, que na verdade é minimalista, a advogada membro do CRBE assumiu a defesa dos fazendeiros já em fevereiro num encontro em Brasília. Como ninguém lhe deu um pito, desta vez, ela utilizou o canal do CRBE para enviar mensagens dos ruralistas na fase do golpe, para o presidente do CRBE, numa ação de pombo-corrêio. Sou a criadora de um grupo no FB chamado MARCHA VIRTUAL CONTRA O GOLPE NO PARAGUAY QUE EM MENOS DE 72hs reuniu mais de cinco mil membros que permanecem na MARCHA, aguardando que se resolva a questão, envolvendo a diplomacia brasileira no imbróglio criado pela advogada, citada na carta por Ruy Martins. Estamos em MARCHA, aguardando também, uma posição mais efetiva, por parte do nosso governo em relação ao golpe parlamentar desferido contra a democracia e o povo paraguayo. Não preciso dizer Srº Ministro, o quanto ambas as situações nos envergonham como brasileiros! Só me resta dizer: Nestes termos pedimos deferimento. Representando os membros do GRUPO MARCHA VIRTUAL CONTRA O GOLPE NO PARAGUAY 


No aguardo, Drª Neusah Cerveira

LEIAM, SE JULGAREM PERTINENTE, ASSINEM E DIVULGUEM! ABRAÇOS.

Postagens mais visitadas