Respeitável servidores do Datasus

Vamos à reflexão.


De como se sentir um suiço no Datasus.


Um suíço, procurando orientação sobre o caminho, parou seu carro ao lado de outro carro, com um casal de brasileiros dentro.
O suíço perguntou:
- Entschuldigung, koennen sie Deutsch sprechen?
Os dois brasileiros ficaram mudos.
- Excusez-moi, parlez vous français? - tentou.
Os dois continuaram a olhar para ele impávidos e serenos.
- Prego signori, parlate italiano?
Nada por parte dos brasileiros.
- Hablan ustedes español?
Nenhuma resposta.
- Please, do you speak english?
Nada.
Angustiado, o suíço desiste e vai embora.

Dona Marisa vira-se para Lula e diz:
- Talvez devêssemos aprender uma língua estrangeira, querido...
- Mas pra quê, companheira? Aquele idiota sabia cinco. E adiantou alguma coisa?


Um feliz natal, e um próspero ano novo.



A propósito não deixem de ler o LINK abaixo:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2009/12/04/tcu-analisa-licitacao-de-52-milhoes-do-ministerio-da-saude-915050251.asp


Após a leitura do artigo acima constatamos o sofisma utilizado pela secretária executiva do MS, caracterizando uma total indiferença, falta de compromisso com a saúde pública ao desqualificar o software HOSPUB/DATASUS, já tão elogiado por profissionais de saúde, sindicato dos médicos, etc. 
Saúde não é mercadoria.


PATÉTICO.


Vida longa ao HOSPUB.

Postagens mais visitadas